«Line of Sight»

Ao celebrar a cultura da bicicleta, a última edição do Bicycle Film Festival trouxe a Lisboa um conjunto de filmes que dificilmente teríamos oportunidade de ver de outra forma. Entre eles, um dos melhores é certamente Line Of Sight, um projecto de Lucas Brunelle com realização de Benny Zenga. 10 anos, 20 países e 30 cidades: este foi o percurso de Brunelle para captar em vídeo o fenómeno global das corridas alleycat realizadas por estafetas de bicicleta (mas não só). Munido de um capacete com duas câmaras (uma captando o seu olhar em frente, outra apontada à rectaguarda), Brunelle segue na cauda dos mais rápidos e ousados ciclistas para captar o seu fluir pelos espaços que o trânsito urbano deixa por preencher. Contudo, a aventura não se fica pelas metrópoles e vai mais longe, pedalando em locais inusitados como o rio Charles congelado, a Grande Muralha da China, as selvas da Guatemala, as vias rápidas do México e até o fundo do mar Mediterrâneo.

O filme proporciona um olhar próximo e selvagem sobre a comunidade de estafetas de bicicleta espalhada pelo globo na sua vertente mais competitiva: as corridas alleycat. Estes são eventos auto-organizados, por vezes de forma ilegal, que envolvem um percurso pré-definido com um determinado número de checkpoints por onde os concorrentes deverão passar antes de alcançar o ponto final. O mais rápido a chegar, provando que percorreu todos os pontos, ganha. Tão simples quanto intenso.

Line of Sight beneficia grandemente da capacidade atlética de Lucas Brunelle para acompanhar os mais rápidos ciclistas, mas sobretudo do seu exemplar sentido fílmico que lhe permite, apesar do peso que obriga o seu pescoço a suportar e dos obstáculos que a qualquer momento o podem interpelar, manter sempre um excelente enquadramento, mais ao serviço da obra do que da sua integridade física. Por sua vez, Zenga é o responsável por fazer com que este conjunto de arriscadas filmagens se transformem em sequências com sentido de cinema. Com uma montagem exímia, é a associação da banda sonora às imagens que coloca o espectador sobre o selim de uma das bicicletas, vibrando a cada manobra arriscada, temendo aqui e ali um acidente, mas sorrindo na maior parte das vezes, com a alegria de quem encontra na bicicleta uma fonte de liberdade e de prazer.

Classificação (0-10): 8

Line of Sight | 2012 | 60 mins | Realização: Benny Zenga | Elenco: Lucas Brunelle

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s