Prémios do Cinema Europeu: o Amor vence no final

haneke

Foi sem surpresas, pode dizer-se, que o Amor de Michael Haneke conquistou os membros da Academia de Cinema Europeu e arrebatou ontem os quatro principais troféus da cerimónia. Depois de se afirmar em Cannes, Amor (com estreia marcada em Portugal para a próxima quinta-feira) apresenta-se mais do que nunca como o filme europeu mais incontornável de 2012. Nas restantes categorias, de realçar a atribuição do prémio para melhor argumento a Tobias Lindholm e Thomas Vinterberg pelo filme A Caça, a conquista de duas estatuetas por Vergonha, relativas à fotografia e à montagem, e outras tantas por A Toupeira, pela sua direcção artística e banda sonora original. Nos prémios/homenagem foram este ano distinguidas as carreiras de Bernardo Bertolucci e Helen Mirren.

Lista completa de premiados

Melhor Filme Europeu

Amor, de Michael Haneke

Melhor Realizador

Michael Haneke, Amor

Melhor Ator

Jean-Louis Trintignant, Amor

Melhor Atriz

Emmanuelle Riva, Amor

Melhor Argumento

Thomas Vinterberg e Tobias Lindholm, A Caça

Melhor Fotografia

Sean Bobbitt, Vergonha

Melhor Montagem

Joe Walker, Vergonha

Melhor Direção Artística

Maria Djurkovic, A Toupeira

Melhor Compositor Europeu – Banda Sonora Original

Alberto Iglesias, A Toupeira

Prémio Revelação – FIPRESCI

Kauwboy, de Boudewijn Koole

Melhor Documentário

Winter Nomads, de Manuel Stürler

Melhor Filme de Animação

Alois Nebel, de Tomáš Luňák

Melhor Curta-Metragem

Superman, Spiderman or Batman, de Tudor Girugiu

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s