IndieLisboa’13: os filmes premiados

leviathan_poster

Chegado o final da 10ª edição do IndieLisboa, é tempo de conhecer os vencedores. Leviathan, de Lucien Castaing-Taylor e Verena Paravel, ganhou o Grande Prémio de Longa Metragem Cidade de Lisboa. O documentário experimental filmado a bordo de um navio de pesca comercial arrebatou o principal galardão e constitui uma escolha condizente com a afirmação de alternativa de cinema que o festival pretende ser no panorama português. Nas curtas-metragens o filme distinguido foi Da Vinci, de Yuri Ancarani, ao passo que Lacrau, de João Vladimiro, levou para casa o prémio de Melhor Longa-Metragem Portuguesa. O público elegeu com os seus votos a longa-metragem Amsterdam Stories USA, de Rob Rombout e Rogier Van Eck, uma road trip por 15 cidades americanas chamadas…Amesterdão. A lista de prémios é longa e diversa, pelo que apresenta-mo-la abaixo na íntegra, juntamente com as respectivas menções honrosas:

Longas-Metragens

. Grande Prémio de Longa Metragem Cidade de Lisboa

Leviathan, Lucien Castaing-Taylor e Véréna Paravel (Reino Unido, E.U.A., França)

 . Prémio de Distribuição TVCine

Eles Voltam, Marcelo Lordello (Brasil)

 . Prémio Digimaster para Melhor Longa Metragem Portuguesa

Lacrau, João Vladimiro (Portugal)

Curtas Metragens

. Grande Prémio de Curta Metragem

Da Vinci, Yuri Ancarani (Itália)

Menções Honrosas:

Animação: Comme des Lapins (Chroniques da la Poisse, chap. 2), Osman Cerfon (França)

Documentário: Resistente, Renate Costa Perdomo, Salla Sorri (Dinamarca, Finlândia, Paraguai)

Ficção: Noelia, María Alché (Argentina) e El Ruido de las Estrellas me Aturde, Eduardo Williams (Argentina)

. Prémio Pixel Bunker para Melhor Curta Metragem Portuguesa

Gingers, António da Silva (Reino Unido, Portugal)

Menção Honrosa:

Má Raça, André Santos e Marco Leão (Portugal)

. Prémio Novo Talento FNAC

Má Raça, André Santos e Marco Leão (Portugal)

Prémio Novíssimos

Outro Homem Qualquer, Luís Soares (Portugal)

Pulsar do Mundo

. Prémio Culturgest Pulsar do Mundo

La Chica del Sur, José Luis García (Argentina)

Menção Honrosa:

Donauspital – SMZ Ost, Nikolaus Geyrhalter (Áustria)

Amnistia Internacional

. Prémio Amnistia Internacional

The Act of Killing, Joshua Oppenheimer (Dinamarca)

Menção Honrosa:

The Devil, Jean-Gabriel Périot (França)

Árvore da Vida

. Prémio Árvore da Vida para Filme Português

Lacrau, João Vladimiro (Portugal)

Menção Honrosa:

Rhoma Acans, Leonor Teles (Portugal)

 TAP

. Prémio TAP para Longa Metragem Portuguesa de Ficção

É o Amor, João Canijo (Portugal)

. Prémio TAP para Documentário Português

Torres & Cometas, Gonçalo Tocha (Portugal)

Público

. Longa Metragem

Amsterdam Stories USA, Rob Rombout, Rogier Van Eck (Bélgica)

. Curta Metragem

Le Libraire de Belfast, Alessandra Celesia (Reino Unido, França, Irlanda)

. IndieJúnior

De Club van Lelijke Kinderen/O Clube das Crianças Feias, Jonathan Elbers (Holanda)

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s