Cameos: quando realizadores se tornam actores

Muitos realizadores já fizeram memoráveis cameos (pequenas aparições, papéis secundários ou até papéis principais, por vezes representando personagens anónimas ou até fazendo de si próprios).  Aqui apresentamos alguns exemplos de cameos de realizadores em filmes de outros colegas seus.

Em 1974 no filme Chinatown, de John Huston, Roman Polanski desempenhou um papel secundário como Noah Cross, um vilão magnata.

Em Disposta a Tudo (1995), de Gus Van Sant, David Cronenberg tem uma aparição ao abordar o carro de Stone Maretto (Nicole Kidman) na cena do lago.

O filme de Robert Rodriguez, Aberto Até de Madrugada (1996), tem um dos melhores cameos com Quentin Tarantino representando Richard Gecko – um criminoso e George Clooney como Seth.

Quatro anos depois, em De Olhos Bem Fechados, de Stanley Kubrick, Sydney Pollack tem um participação como Victor Ziegler, um anfitrião de uma festa. Na cena retratada, Pollack tenta ajudar Julienne Davis, a mulher nua que sofreu uma overdose.

Em The Widow of Saint-Pierre (2000), de Patrice Leconte, Emir Kusturica tem um cameo interpretando um homem condenado (Neel).

Por último, Steven Spielberg aparece numa cena de Vanilla Sky (2001), de Cameron Crowe, como David Aames, abraçando a personagem de Tom Cruise na sua festa de aniversário dizendo: “Happy Birthday, you son of a bitch”.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s