Cannes 2013: filmes a não perder de vista

AFF_CANNES_22X30.indd

São 20 os filmes que concorrem ao mais desejado prémio de cinema na Europa e até mesmo do mundo, para os que não atribuem grande importância aos prémios da Academia norte-americana. Steven Spielberg, Jane Campion, Thomas Vinterberg e Agnés Varda são os responsáveis dos júris nas diferentes categorias e farão a selecção dos filmes que em breve passarão a ostentar a pequena palma dourada nos seus cartazes. Das inúmeras obras em competição destacamos aqui algumas que vale a pena seguir com atenção e que julgamos terem maiores chances de sair vencedoras do evento.

Inside Llewyn Davis, de Joel e Ethan Coen
Inside-Llewyn-Davis

Depois de já ter vencido o festival com Barton Fink, em 1991, os irmãos Cohen voltam agora com este filme sobre o folk nova-iorquino da década de 1960, no qual Justin Timberlake é um dos protagonistas.

Only God Forgives, Nicolas Winding Refn
only-god-forgives-motion-poster

Será uma espécie de Drive sem carros passado em Banguecoque? Muitas expectativas recaem sobre este filme, para o qual o realizador volta a contar com Ryan Gosling no principal papel, desta vez mergulhando no submundo do crime na Tailândia.

Only Lovers Left Alive, de Jim Jarmuch
Only Lovers Left Alive_poster

Com Tom Hiddelstom, Tilda Swinton e John Hurt no elenco, trata-se de um drama negro sobre o amor de séculos entre dois vampiros. O realizador é também o autor do argumento.

The Immigrant, de James Gray
immigrant

Passada nas ruas de Manhattan na década de 1920, a obra é escrita e realizada por James Gray e gira em torno da emigração e dos meandros da persecução do sonho americano. Marion Cottilard e Joaquin Phoenix lideram o elenco.

Venus in Fur, de Roman Polanski
VenusInFur

Baseado na peça da Broadway com o mesmo nome, o filme segue uma actriz que almeja um papel de destaque numa peça de teatro. De referir que a protagonista, Emmanuelle Seigner, é também a mulher de Polanski, na vida real.

Behind the Candelabra, de Steven Soderbergh
Behind-The-Candelabra

Michael Douglas e Matt Damon protagonizam esta filme biográfico sobre Liberace, com enfoque na sua tempestuosa relação de 6 anos com um homem bastante mais novo.

The Bling Ring, de Sofia Coppola
bling-ring

Coppola escreve e realiza esta produção acerca de um grupo desviante e obcecado pela fama que identificava e assaltava casas de celebridades. Baseado numa história verdadeira.

As I lay Dying, de James Franco
as-i-lay-dying-poster

A partir do romance homónimo de William Faulkner, James Franco assina o argumento e a realização deste filme, que acompanha uma família na sua tentativa de enterrar a sua recém falecida mãe no lugar onde mais desejava.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s