CURTA-METRAGEM: Omnibus

omnibus_1992

Na senda da exploração do riquíssimo baú do Festival de Cannes apresentamos Omnibus, filme de Sam Karmann que arrecadou a Palma de Ouro para melhor curta-metragem em 1992 e seguidamente o Oscar da mesma categoria. Trata-se de uma narrativa simples sobre o que pode acontecer quando alguém apanha o comboio errado. No entanto, o realizador foi capaz de a tornar divertida e cativante, mantendo o interesse até ao último instante sobre o destino deste homem cheio de pressa e de rotinas, tão típico dos ritmos ocidentais.

Omnibus | 1992 | 8 mins | Realização: Sam Karmann | Argumento: Sam Karmann e Christian Rauth | Elenco: Daniel Rialet, Jacques Martial e Christian Rauth

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s