«Bling Ring: O Gangue de Hollywood» que roubava por amor à grife

Bling Ring_Gangue de Hollywood

O novo filme de Sofia Coppola é perfeito para uma tarde de verão: divertido irreverente e inteligente. Este filme revela-nos a história verídica de um grupo de jovens que roubou uma série de mansões em Hollywood no final do verão de 2008, a que os media chamaram Bling Ring. O argumento é baseado num artigo escrito por Nancy Jo Sales da Vanity Fair intitulado “Os suspeitos usavam Louboutins” e é fiel a uma realidade juvenil naïf e obcecada pela moda e pela grife. Os diálogos são simples, directos e superficiais, denunciando o contexto em que estes jovens vivem, e a comunicação é instantânea, quer seja por mensagens escritas ou por fotos ou vídeos que são imediatamente publicados nas redes sociais. O ritmo acelerado do filme nas cenas nocturnas reforça ainda o quotidiano louco destes jovens, alucinados pela música, drogas e “fashionmania”, acentuado por uma banda sonora condizente com o ambicionado “estilo de vida dos ricos e famosos”.

130417BlingRing_7492035

No entanto, a direcção artística e o guarda roupa espelham a dualidade das vidas destas personagens: por um lado, de noite reina a maquilhagem, os saltos altos, os vestidos provocantes para as festas e os assaltos; por outro lado, assim que o sol raia as roupas têm cores mais leves os decors escuros dão lugar à praia ou a corredores de escola. A capa de adultos precoces cai e vemos jovens que estão a crescer assombrados pela ilusão de que tudo o que uma pessoa pode querer é viver a vida da elite dos famosos.

20533096.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Na busca por esse estilo de vida Rebecca (Katie Chang), Marc (Israel Broussard), Nicki (Emma Watson), Chloe (Claire Julien), Sam (Taissa Farmiga) e Emily (Georgia Rock) começam por invadir casas que estão praticamente abertas em plena Hollywood: ora entrando por portas envidraçadas que deslizavam ou por janelas abertas, para além dos casos em que a chave estava mesmo debaixo do tapete… Se não fosse real parecia mentira. Estas casas são puros centros comerciais, onde este grupo recolhe mais uma dose para alimentar o seu vício de materialismo onde os sonhos são feitos de malas Chanel, sapatos Marc Jacobs, perfumes Dolce & Gabbana e jóias da Tiffany ou Cartier. O interessante é que as celebridades americanas embaixadoras destes luxos simplesmente inacessíveis como Lindsay Lohan, Megan Fox ou Orlando Bloom, são como que os manequins de catálogos que ao corresponderem ao estilo que as suas fãs gostariam de ter tornam-se as vítimas desta cobiça. O elenco é bom, a imagem dos jovens é bastante forte e funciona muito bem enquanto grupo, sendo que nestes papéis a representação tem uma componente muito forte de linguagem corporal, tornando-se mais importante estar do que falar, algo em que os actores foram bem sucedidos.

bling-ring-katie-chang-600x421

Sendo o expoente máximo Paris Hilton, que aparece nos momentos iniciais do filme como uma das celebridades que frequenta o mesmo clube nocturno que estes jovens e se torna mais tarde o seu verdadeiro hipermercado (a sua casa foi assaltada uma dezena de vezes sem se ter apercebido). As filmagens foram feitas na sua própria casa e as imagens são indescritíveis, é uma verdadeira ode à imagem, à superficialidade e ao marketing pessoal. Outra das vítimas foi Audrina Patridge, invocada num dos diálogos mais longos do filme onde Rebecca afirma que a sua ambição de carreira é entrar na escola de moda onde as raparigas da série da MTV The Hills tinham andado, sendo Audrina uma delas.

Bling Ring: O Gangue de Hollywood é sem dúvida uma crítica à lavagem cerebral e prazer efémero que a fama vã pode provocar, uma espécie de tiro pela culatra a todo o espalhafato de Hollywood, mas por outro há quem acredite que não há má publicidade… e inevitavelmente se exalta o estilo de vida das vedetas retratadas.

Classificação (0-10): 8

Bling Ring: O gangue de Hollywood | 2013 | 90 mins | Realização: Sofia Coppola | Argumento:  Sofia Coppola, Nancy Jo Sales | Elenco: Katie Chang, Israel Broussard, Emma Watson, Claire Julien, Taissa Farmiga, Georgia Rock, Leslie Mann, Gavin Rossdale.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s