André Gil Mata vence Prémio Yorn MOTELx 2013 com «O Coveiro»

motelx2013_cartaz_curtas_Final_01

«O Coveiro» de André Gil Mata foi a curta-metragem vencedora da quinta edição do Prémio Yorn MOTELx 2013, eleito entre nove filme concorrentes pelo júri da única secção competitiva do festival,  composto pelo humorista Nuno Markl, a jornalista Safaa Dib e pelo presidente da direcção do Razor Reel Fantastic Film Festival, Thierry Philips.

“A sua concepção extraordinariamente poética, cumprindo o melhor da tradição literária do horror evidenciados numa narração ímpar, a sua composição técnica irrepreensível e de grande originalidade e a criação de uma história sobre marginais redimidos pelo amor e as estranhas criaturas da noite que povoam as trevas, esta proposta que combina o maravilhoso, o onírico e o horror”, afirmou o júri.

O_COVEIRO_01

Na sessão de apresentação do filme na passada sexta-feira, um dos actores de «O Coveiro», David Almeida, deixou clara a sua satisfação e confiança (premonitória?) relativamente ao resultado final da criação de André Gil Mata:

“Não gosto muito do cliché ‘espero que gostem do filme’, que se ouve bastante em festivais, porque eu sei que vocês vão gostar.”

«Desespero», de Rui Pilão, recebeu ainda uma menção especial pela estruturação dos elementos da história e pelo modo perturbante como expõe um lar enlouquecido pelo desemprego do pai de família.

Para conhecer um pouco melhor as visões pessoais dos realizadores em evidência vale a pena conferir as entrevistas dadas ao Cinemaville, designamente por André Gil MataRui Pilão.

A curta vencedora foi contemplada com um prémio monetário no valor de 3000€, apoio em serviços de pós-produção no valor de 2500€ da Pixel Bunker, um fim-de-semana de inspiração proporcionado pelos Hotéis Belver e ainda o Méliès d’Argent para Melhor Curta-Metragem que automaticamente selecciona a curta para concorrer ao prémio anual Méliès d’Or para Melhor Curta-Metragem Europeia, atribuído pela Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico (EFFFF) na cidade espanhola de Sitges, em Outubro.

Desde a sua primeira edição, em 2009, que o Prémio MOTELx – Melhor Curta de Terror Portuguesa, é considerado como um dos pontos altos do festival, cumprindo um dos principais objectivos do MOTELx: o incentivo à produção nacional de filmes de terror.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s