Lisbon & Estoril Film Festival 2013: Secções CINEMA & LITERATURA e RUPTURAS

poster_LEFFEST_2013

A edição de 2013 do LEFFEST anuncia duas secções surpreendentes: CINEMA & LITERATURA e RUPTURAS.

A história do cinema sempre esteve intimamente ligada à da literatura, assimilando e subvertendo técnicas (veja-se por exemplo a influência das obras de Dickens em Griffith), ou adaptando obras literárias (Mélies ‘adaptou’ Fausto, Robinson Crusoe ou Júlio Verne).

A secção CINEMA & LITERATURA pretende explorar o cruzamento desses dois mundos, mostrando diferentes adaptações ao cinema, a partir de obras que fazem parte do património literário universal, como Madame Bovary, de Gustava Flaubert, Guerra e Paz, de Lev Tolstoi, Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, Fausto, de J. W. Goethe.

CINEMA & LITERATURA
Guerra e Paz – King Vidor
Guerra e Paz – Sergei Bondarchuk
Macbeth – Orson Welles
Othello – Orson Welles
Filming Othello – Orson Welles
Journal d’une Femme de Chambre – Jean Renoir
Journal d’une Femme de Chambre – Luís Buñuel
Vale Abrãao – Manoel de Oliveira
Madame Bovary – Jean Renoir
Madame Bovary – Claude Chabrol
Madame Bovary – Vincent Minelli
Rescue and Save – A. Sokurov
Robinson Crusoe – Luis Buñuel
Les Aventures de Robinson Crusoe – George Méliès
Casanova de Fellini – Federico Fellini
Faust – F. W. Murnau
Los 5 Faust de F.W. Murnau – L. Berriatúa (Doc)
Campanadas a Medianoche – Orson Welles 1965
O Tempo Reencontrado – Raúl Ruiz
A Cativa – Chantal Akerman
A Paixão de Swann – Volker Schlöndorff
Por fim, serão exibidos dois clássicos de John Ford do início da década de 40: AS VINHAS DA IRA, adaptado do romance de John Steinbeck, e A ESTRADA DO TABACO, a partir do romance homónimo de Erskine Caldwell, obras inquietantes e de capital importância a que é urgente retornar pelo paralelo da situação que hoje vivemos.

RUPTURAS pretende dar visibilidade a realizadores que foram um marco na história do cinema e das artes em geral, pelo seu espírito inovador, inconformista. Falamos de nomes como Nagisa Ôshima, Jean-Luc Godard, Jerzy Skolimowski, Vera Chytilová, Werner Schroeter, Carmelo Bene, Michelangelo Antonioni, Joaquim Pedro de Andrade ou Robert Kramer.

RUPTURAS
Noite e Nevoeiro no Japão – Nagisa Ôshima
Walkower – Jerzy Skolimowski
Daisies – Vera Chytilová
Macunaíma – Joaquim Pedro de Andrade
Eika Katappa – Werner Schroeter
Ice – Robert Kramer
Nostra Signora dei Turchi – Carmelo Bene
O Deserto Vermelho – Michelangelo Antonioni
Week End – Jean-Luc Godard
La Prise de Pouvoir par Louis XIV – Roberto Rosselini

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s