«Quase Gigolo», o encantador de solitárias

Quase Gigolo

CV_SinaisMaisMenos-01

A realização de John Turturro, com uma interessante heterogeneidade de planos (o contra picado sobre a sala do primeiro encontro entre Fioravante e a Dra. Parker é um belo exemplar) com influências fortemente ancoradas em Woody Allen, desde logo ao adoptar Nova Iorque como habitat da narrativa (ainda que aqui a maior parte do tempo em Brooklyn), mas também na banda sonora salpicada em tons de jazz e até no grafismo dos créditos. Por outro lado denota-se também a inspiração clara noutro cineasta ligado à cidade que nunca dorme: Spike Lee e o seu icónico Não Dês Bronca. São evidentes as semelhanças na forma de retratar uma certa dinâmica de bairro fortemente marcado por uma cultura muito particular, neste caso a judaica. Interessante construção de argumento, principalmente em relação à profundidade do olhar sobre a comunidade judaica, poucas vezes explorada com tanto detalhe e peso na globalidade da trama. Como actor, Woody Allen representa uma personagem que carrega um estilo tão experimentado que, mesmo sendo um lugar comum no conjunto da sua carreira, oferece uma segurança que é a grande mais valia.
CV_SinaisMaisMenos-02
A montagem prejudica definitivamente o filme, imprimindo-lhe um ritmo lento que parece querer aproximar-se de um registo mais europeu, só que ao fazê-lo deixa as cenas demasiado em suspenso sem colher qualquer benefício dramático. Ao mesmo tempo, a vertente cómica não é tão explorada quanto o filme promete à partida. Para além disso, parece haver um paradoxo nas personagens femininas: as mais superficiais e desinteressantes Dra. Parker e Selima são as melhor desempenhadas, respectivamente por Sharon Stone e Sofia Vergara, enquanto a mais multidimensional Abigail é mal servida por Vanessa Paradis, cujo acting é no mínimo sofrível. Por sua vez, Turturro também poderia beneficiar de uma maior elasticidade na expressão. Se Quase Gigolo é um sinal de passagem de testemunho do estilo de Allen, ou Turturro eleva a fasquia ou terá de ser encontrado outro herdeiro mais condizente.

 Classificação (0-10): 7

 

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s