Monstra 2016: os vencedores

Pelo segundo ano consecutivo uma produção do estúdio japonês Ghibli sai vencedora do Grande Prémio MONSTRA. Nesta edição foi a vez de Memórias de Marnie, realizado por Hiromasa Yonebayashi, que segundo as palavras do júri “mostra-nos a natureza dos laços humanos, com um uso inteligente do tempo, um ritmo da natureza que nos conduz para  a harmonia.” Na competição portuguesa, o filme Amélia & Duarte, de Alice Guimarães e Mónica Santos, foi premiado com o Melhor Filme Português – Prémio SPA | Vasco Granja. “Através do uso imaginativo da técnica de pixilação, este maravilhoso filme capta as emoções de um amor falhado”, afirma o júri desta competição. Estilhaços, o mais recente filme do português José Miguel Ribeiro, que teve a sua estreia mundial nesta edição da MONSTRA, foi premiado com o Prémio do Público (competição portuguesa) e Melhor Curta-Metragem Portuguesa (secção curtas-metragens).

Ainda na secção de curtas-metragens, o filme que recebeu o Grande Prémio MONSTRA CURTA foi Sunday Lunch, de Céline Devaux (França). O júri premiou este filme “pelo uso criativo de metáforas visuais num ritmo perfeito como mecanismo narrativo. Pelo uso cuidado da linguagem fílmica, imagem, som e voice-over como elementos independentes. O filme eleva uma situação banal com humor, enquanto revela as relações pessoais de uma família normal.”

A encerrar o festival há derradeiras oportunidades para assistir aos filmes premiados, no Cinema São Jorge às 16h30 (curtas) e às 20h (Memórias de Marnie) e no City Alvalade às 20h (Memórias de Marnie) e 22h (curtas). No Cinema Ideal os premiados serão exibidos às 20h nos dias 14 de março (Abril e o Mundo Extraordinário – Banda Sonora e Prémio Público), 15 de março (A Pequena da Peixaria) e 16 de março (sessão curtas premiadas).

PALMARÉS MONSTRA 2016

Competição MONSTRINHA

Pais e Filhos
BETWEEN TIMES – Max Porter, Ru Kuwahata, Holanda, EUA
Menções Honrosas
3 aos 6 – MORPHIUM – Linus Stetter, Alemanha
7 aos 12 – ONE, TWO, TREE – Yulia Aronova, França
+ de 13 – GUIDA – Rosana Urbes, Brasil
Prémio do Público Monstrinha
3 aos 6 – COUNTING SHEEP – Fritz Standaert, França, Bélgica
7 aos 12 – Hola Llamigo – Christina Chang, Charlie Parisi, EUA
+ de 13 – Rapsodie en Rose – Bram Mondy, Bélgica
Grande Prémio Monstrinha
The Story Of Percival Pilts – Jeanette Goodey, John Lewis, Austrália

Prémio do Público
CATEGORIA PAIS E FILHOS 
DJI. DEATH SAILS, Dmitri Voloshin, Moldávia
CATEGORIA 3 AOS 6 
COUNTING SHEEP – Fritz Standaert, França, Bélgica
CATEGORIA 7 AOS 12
Hola Llamigo – Christina Chang, Charlie Parisi, EUA
CATEGORIA MAIS DE 13
Rapsodie en Rose – Bram Mondy, Bélgica

Competição AMENDOIM DE OURO

Amendoim de Bronze
My Dear Gnome – Emmanuelle Leleu, Julien Hazebroucq, França
Amendoim de Prata
By the Name of Boston – Grant Kolton, EUA
Amendoim de Ouro
Otto – Salvatore Murgia, Dario Imgrogno, Itália

Competição de ESTUDANTES

Menções Honrosas
Whitin – Natália Azevedo Andrade, Portugal
Afternoon Class – Seoro Oh, Coreia do Sul
Life Smartphone – Xie Chenglin, China
Fox Fears – Miyo Sato, Japão
Prémio do Público
Afternoon Class – Seoro Oh, Coreia do Sul
Melhor Curta de Estudantes Portuguesa
Meada – Linnea Lidegran, Portugal
Melhor Curta de Estudantes
Edmond– Nina Gantz, Reino Unido

Competição de CURTÍSSIMAS

Menções Honrosas
Otto – Salvatore Murgia, Dario Imbrogno, Itália
At First Sight – Pedro Allevato, Reino Unido
Melhor Curtíssima Portuguesa
FRRT FRTT FRT FRRTT – Aude Bario, Barbara Meuli, Portugal, Suíça
Melhor Curtíssima Internacional 
By the Name of Boston – Grant Kolton, EUA

Competição de LONGAS-METRAGENS

Prémio do Público
April and the Extraordinary World – Christian Demares, Franck Ekinci, França
Melhor Filme para a Infância e Juventude
Phantom Boy – Alan Gagnol, Jean-Loup Felicioli, França
Melhor Banda Sonora
April and the Extraordinary World – Christian Demares, Franck Ekinci, França
Prémio Especial do Júri
Little From the Fish Shop – Jan Balej, República Checa, Eslováquia, Alemanha
Grande Prémio MONSTRA
When Marnie Was There – Hiromasa Yonebayashi , Japão

Competição de CURTAS-METRAGENS

Menções Honrosas
Splintertime – Rosto, Holanda, Bélgica
In the Distance – Florian Grolig, Alemanha
The Master – Riho Unt, Estónia
Prémio do Público 
One, Two, Tree – Yulia Aronova, França
Melhor Filme Experimental
Veil – Yoriko Mizushiri, Japão
Prémio Especial do Júri
Under Your Fingers – Marie-Christine Courtès, França
Melhor Curta-Metragem Portuguesa
Estilhaços – José Miguel Ribeiro
Grande Prémio MONSTRA CURTA
Sunday Lunch  – Céline Devaux, França

Competição PORTUGUESA

Menções Honrosas
Estilhaços – José Miguel Ribeiro
Pronto, Era Assim – Joana Nogueira, Patrícia Rodrigues
Nossa Senhora da Apresentação, Alice Guimarães, Daniela Duarte, Laura Gonçalves, Abi Feijó
Prémio do Público
Estilhaços – José Miguel Ribeiro
Melhor Filme Português – Prémio SPA | Vasco Granja
Amélia & Duarte –  Alice Guimarães, Mónica Santos

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s