Prémios Sophia 2016: todos os vencedores

A Academia Portuguesa de Cinema divulgou na passada sexta-feira, dia 13 de maio, no CCB – Centro Cultural de Belém, em Lisboa, os vencedores dos Prémios Sophia 2016 e entregou os Prémios Carreira à atriz Carmen Dolores e ao produtor e fundador da Cinemate, Fernando Costa. Este ano os filmes consagrados foram Capitão Falcão, que levou para casa seis prémios, e Amor Impossível, que venceu quatro troféus, três deles nas principais categorias.

Na sua quarta edição, a noite foi animada pela atriz Ana Bola que partilhou o palco com vários atores e membros da Academia. Os momentos musicais contaram com as participações de três grandes nomes da música portuguesa: Paulo Gonzo, Jorge Palma e Ricardo Ribeiro.

Paralelamente à cerimónia decorreu no Foyer do CCB uma exposição inédita a nível mundial, que junta vinte e oito troféus de cinema, entre os quais os prestigiados Óscar da Academia Americana, Goya da Academia Espanhola, César da Academia Francesa e Bafta da Academia Inglesa, entre muitos outros. A exposição pode ser visitada gratuitamente até 20 de maio.

Lista de vencedores nos Prémios Sophia 2016

Melhor Curta-Metragem de Ficção

Rampa de Margarida Lucas

Curta-Metragem de Animação

Amélia & Duarte de Alice Guimarães e Mónica Santos

Melhor Documentário em Curta-Metragem

Fora da Vida de Filipa Reis e João Miller Guerra

Melhor Atriz Secundária

Carla Chambel – Se eu Fosse Ladrão, Roubava

Prémio Sophia Estudante

Terra Mãe de Ricardo Couto

Melhor Ator Secundário

José Pinto – Capitão Falcão 

Melhor Guarda Roupa

Isabel Quadros – Capitão Falcão 

Melhor Direção Artística

Nuno Tomaz, Mário Melo Costa e João Leitão – Capitão Falcão

Melhor Caracterização

Helena Gonçalves – Capitão Falcão 

Melhor Documentário em Longa-Metragem

Pára-me de Repente o Pensamento de Jorge Pelicano

Melhor Ator Principal

José Mata – Amor Impossível 

Melhor Som

Vasco Pedroso, Branko Neskov e Elsa Ferreira – Amor Impossível 

Melhor Música

Pedro Marques – Capitão Falcão

Melhor Fotografia

Acácio de Almeida – Se eu Fosse Ladrão, Roubava

Melhor Argumento Original

João Leitão e Nuria Leon Bernardo – Capitão Falcão

Melhor Montagem

Edgar Feldman e João Salaviza – Montanha

Melhor Atriz Principal

Vitória Guerra – Amor Impossível 

Melhor Realizador

Margarida Cardoso – Yvone Kane

Melhor Filme

Amor Impossível de António-Pedro Vasconcelos, MGN FILMES

Prémios Carreira

Carmen Dolores

Fernando Costa

Advertisements

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s