Doclisboa ’16: «A German Life»

a-german-life

Durante a maior parte da duração de A German Life o que preenche o ecrã são imagens de Brunhilde Pomsel, de 105 anos, numa belíssima composição a preto e branco. Os planos, predominantemente apertados, alternam entre o seu rosto, os seus olhos ou as suas mãos, mas é quase sempre a figura desta senhora que se convida a descobrir, tão somente por ter sido uma das pessoas mais próximas do ministro da propaganda Nazi, Joseph Goebbels.

A entrevistada nasceu em Berlim em 1911 e começou por trabalhar como estenógrafa de um advogado judeu e datilógrafa de um periódico nacionalista, tendo mesmo durante algum tempo acumulado estas duas posições. Em 1933 chega ao partido Nazi por intermédio de um amigo, ocupando um cargo na estação de rádio do Terceiro Reich, transferindo-se em 1942 para o Ministério da Propaganda, onde trabalharia sob as ordens de Goebbels até ao final da guerra, momento em que seria aprisionada pelos soviéticos até 1950.

Este testemunho é uma nova viagem aos bastidores da máquina política Nazi, uma renovada tentativa de compreender os meandros que conduziram a que se escrevesse uma das páginas mais negras da história. Num misto de inocência e autismo de quem não vislumbrou a magnitude do projecto que se estava a erguer diante de si, Brunhilde mostra dificuldade em descrever a sua responsabilidade, uma espécie de culpa inerente a uma cumplicidade indirecta que se quer negar, mas que as suas próprias declarações reavivam e conduzem a aceitar.

Imagens de arquivo (algumas de conteúdo perturbador) e citações de Goebbels articulam-se habilmente com as afirmações de Pomsel e colocam-nas em perspectiva, cumprindo a missão principal do documentário: fazer da memória dos horrores do fascismo alemão uma lembrança tanto da capacidade humana para a complacência e conformidade como da cortina de fumo que oculta intenções totalitárias por detrás de posições populistas. Porque nunca é demais reavivar a consciência de que, se assim for permitido, a história pode sempre repetir-se.

Nota: A German Life repete hoje, 25 de Outubro, às 21h30 na Culturgest.

Classificação (0-10): 7

A German Life | 2016 | 107 mins | Realização: Christian Krönes, Olaf S. Müller, Roland Schrotthofer e Florian Weigensamer

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s