Cinema Bold aposta na distribuição de cinema alternativo

O que é a distribuição cinematográfica no Século XXI? Como se defende nos tempos que vivemos um cinema que importa e que acrescenta?

Os sectores da distribuição cinematográfica, e da sua exibição (nas variadíssimas plataformas existentes hoje em dia), encontram-se num contexto de profunda mutação. Na voragem dos tempos é difícil fazer uma justa contabilidade entre o universo de novas oportunidades e ameaças, mas é fulcral fazer a pergunta: estamos a fazer tudo para que os nossos filmes encontrem os seus espectadores? E, em espelho, estamos a falar nos melhores termos com aqueles que têm como missão ajudar os seus espectadores a encontrar os melhores filmes? E estamos, na humildade que nos compete, a comunicar na devida forma com todos aqueles que queremos convocar?

É ainda importante reconhecer, e denunciar, que talvez o combate para a defesa de um cinema independente, e de qualidade, nunca tenha sido tão desigual como é hoje em dia.

Por tudo isto, a Alambique, para além da boa continuidade do trabalho que tem desenvolvido ao longo dos últimos sete anos, anuncia o lançamento de um novo projecto: a marca Cinema Bold, com arranque já em Novembro. Um espaço que se pretende de inovação e de experiência, mas sobretudo de interrogação e diálogo;

O que temos: Filmes originais, arriscados e pertinentes, ou seja filmes marcantes e que nos relembram que o cinema é um espaço de criatividade que nos ajuda a pensar e sentir o mundo como nenhum outro. Mas também filmes que não encontram hoje em dia, nos termos em que tudo está formatado, os canais de validação e circulação para chegaram ao seu público.

Como funciona: Mudando tudo o que possa ajudar o espectador a identificar e aceder aos filmes que lhe interessam. Da comunicação à circulação.

Para quem o fazemos: Para uma imensa minoria que adora cinema, e para um vasto conjunto de filmes que merecem e justificam o nosso empenho.

O projecto inicia com o filme EIS O ADMIRÁVEL MUNDO EM REDE, no qual Werner Herzog acompanha o mundo virtual desde as suas origens até às suas consequências mais longínquas, com a sua habitual curiosidade e sagacidade (ou seja, um filme sobre tudo o que nos traz aqui). Temos ainda o privilégio de poder mostrar, em complemento, o mais recente filme de Gabriel Abrantes: UMA BREVE HISTÓRIA DA PRINCESA X. Uma curta, mas arguta e hilariante reflexão sobre a criação artística. (isto está sempre tudo ligado!)

O arranque do projecto será já no dia 19 de Novembro, pelas 16.00, com uma sessão muito especial no LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil): TUDO AQUILO QUE SEMPRE QUIS SABER SOBRE A INTERNET (MAS NUNCA TEVE CORAGEM DE PERGUNTAR). Onde os espectadores poderão dialogar com um vasto, e abrangente, painel sobre as questões que o filme levanta.

Paralelamente vamos ainda iniciar o projecto SCOPE 100: uma comunidade de 100 cinéfilos que nos irão ajudar a selecionar, e promover, um filme que será distribuído no próximo mês de Março. Mais informação em www.cinemabold.pt/scope100.

Onde ver a Cinema Bold

CINEMA:
LISBOA Classic Alvalade, NOS Alvaláxia, Cinema Ideal PORTO NOS Parque Nascente
FARO NOS Forum Algarve SETÚBAL Cinema City ALMADA NOS Almada Forum
CASCAIS Cinema da Villa LEIRIA Cinema City COIMBRA NOS Alma Shopping
AVEIRO NOS Forum Aveiro BRAGA NOS Braga Parque

DVDFNAC, JORNAL PÚBLICO, e restante retalho habitual.
VODFILMIN, MEO, NOS, NOWO, VODAFONE

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s