Monstra 2017: o cinema de animação de regresso a Lisboa em Março

monstra-17

A alegria da MONSTRA 2017 está de volta com o sol de março já dia 16. Mas para ir aquecendo, dia 23 de fevereiro, às 19h, recordamos os vencedores da Competição Portuguesa: “O Sapateiro”, de David Doutel e Vasco Sá, “Carrotrope”, de Paulo D’Alva, “Fuligem”, de David Doutel e Vasco Sá, “Kali, o Pequeno Vampiro”, de Regina Pessoa e “Amélia & Duarte”, de Alice Guimarães e Mónica Santos. Dia 26 de fevereiro, haverá um Bike-in no átrio da Escola Luís de Camões, após o passeio mensal da comunidade Massa Crítica. O evento é aberto e gratuito, desde que os espectadores tragam a sua bicicleta. No dia 3 de março, no Largo do Intendente, às 21h30, é exibido ao ar livre o filme “Ovelha Choné”.  No dia 6 de março, pelas 19h, serão exibidas curtas MONSTRINHA, musicadas ao vivo pelo Maestro Carlos Alberto Moniz.

Nesta edição, Itália é o país convidado, numa homenagem que inclui sessões de curtas contemporâneas, curtas que marcaram a história do cinema de animação italiano e retrospectivas a grande mestres da animação italiana como Bruno Bozzetto (“Allegro non Troppo”, “Os Sonhos do Sr. Rossi”), Enzo D’ Aló (“Pinóquio”) e Julia Gromskaya e Simone Massi.

A competição internacional de longas-metragens tem como um dos seus grandes destaques “A Minha Vida de Courgette”,  nomeado para os Óscares 2017 na categoria de Melhor Filme de Animação. O realizador, Claude Barras, estará presente no festival para apresentar o filme.

A secção competitiva é ainda composta pelos filmes  “Ludovigo e Luca – A Grande Corrida do Queijo”, realizado pelo norueguês Rasmus A. Sivertsen, “Louise à Beira-Mar”, de Jean-François Laguionie, ” Molly a Monstrinha”, de Ted Sieger, Michael Ekblad e Matthias Bruhn, o  “O Hino do Coração”, do japonês Tatsuyuki Nagai e “Window Horses – A Epifania Poética Persa de Rosie Ming”, uma produção canadiana realizada por Ann Marie Fleming.

Na secção Históricos, vão ser exibidos “Persepolis”, de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud, “Chronopolis”, de Piotr Kamler, e “Max & Co.”, realizado por Samuel Guillaume e Frédéric Guillaume.
O filme ” A Tartaruga Vermelha”, o mais recente de Michel Dudok De Wit, coproduzido pelo lendário Estúdio Ghibli, que também está nomeado aos Óscares na categoria de  Melhor Filme de Animação, vai ser exibido em sessão especial. Bill Plympton, que no ano passado teve uma retrospetiva da sua obra na MONSTRA e que nos mostrou excertos do seu novo trabalho, apresenta nesta edição o seu mais recente filme “Vingança”, uma estreia nacional absoluta.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s