Os premiados da Festa do Cinema Italiano 2018

Happy Winterprimeira obra de Giovanni Totaro, é o grande vencedor do Prémio do Júri da 11ª Festa do Cinema Italiano e o filme vencedor do Prémio do Público Canais TVCine & Séries é Cuori puri, primeira obra de Roberto de Paolis, na edição que teve mais espectadores da história do festival.

Premiado de forma unânime pelo júri – constituído por Francisco Valente, Paula Brito Medori e Pedro Cabeleira – o documentário Happy Winter foi o escolhido com a seguinte justificação por parte do júri:

pela originalidade da sua proposta e pela liberdade do seu gesto, este filme constrói, a partir de um mosaico de vidas verdadeiras, um retrato lúdico, social e político complexo no qual reconhecemos não apenas um país mas, também, um microcosmo da realidade em que vivemos, tanto o seu lado eufórico como incerto

Com estreia mundial no Festival de Veneza, Happy Winter, foi exibido em festivais como IDFA – Documentary Film Festival Amsterdam, Visions du Réel, Istanbul Film Festival e Hot Docs. Um documentário que nos leva até à praia de Mondello, em Palermo – Sicília, onde todos os anos, no verão, são reconstruídas mais de mil cabanas, prontas para receber inúmeros banhistas que ali passam toda a temporada. Em completa devoção pela praia, a maioria não deixará a sua espreguiçadeira durante todo o verão, até setembro. De facto, para estas pessoas, as cabanas de praia são o melhor abrigo para se esconderem da memória de um status social que a crise económica dos últimos anos fomentou. Exorcizar as dificuldades diárias, parecer feliz e sem problemas é o objetivo compartilhado pela comunidade que todos os anos cria este microcosmos na praia, entre horas ao sol, danças em grupo, refeições, karaoke e festas na praia.

Cuori puri, venceu o Prémio do Público Canais TVCine & Séries. O filme preferido do público desta edição da Festa do Cinema Italiano foi uma das revelações do Festival de Cannes, nomeado na secção Caméra d’Or, dedicada a primeiras obras. Vencedor, entre outros, do prémio One-Future-Prize para Melhor Realizador no Munich Film Festival e de Melhor Atriz Principal (Selene Caramazza) no Sevilla Festival de Cine Europeo, o filme conta-nos a história de Agnese, de 17 anos, que vive sozinha com uma mãe impiedosa que lhe pede um voto de castidade até o casamento e de Stefano, de 25 anos, de um meio marginalizado, é segurança num parque de estacionamento de uma empresa. O encontro e a paixão entre os dois levam a um confronto entre os ideais de Agnese e os de Stefano.
 

A Festa do Cinema Italiano continua agora em várias cidades: Coimbra (12 e 13 de abril, no Teatro Académico de Gil Vicente), Aveiro (16 e 17 de abril, no Teatro Aveirense), Évora (12 e 13 de abril, no Auditório Soror Mariana), Viseu (de 17 a 19 de abril, no Cineclube de Viseu – Auditório IPDJ), Beja (de 2 a 4 de maio, no Pax Júlia – Teatro Municipal), na Moita (11, 18 e 25 de maio, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo), Tomar (15, 16, 17 e 19 de maio, no Cine-Teatro Paraíso), Abrantes (9, 10 e 16 de maio, no Centro Cultural Gil Vicente), Loulé (de 18 a 20 de maio, no Cine-Teatro Louletano) Viana do Castelo (22 e 23 de maio, no Teatro Municipal Sá de Miranda), Caldas da Rainha (22 a 24 de maio, no CCC – Centro Cultural de Congressos), entre outras, seguindo depois para Angola, Moçambique e Brasil.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s