IndieLisboa’18: o festival em 8 filmes

É já na próxima quinta-feira, 26 de Abril que começa a 15ª edição do IndieLisboa Festival Internacional de Cinema com uma programação internacional e diversa, mas com um olhar atento ao cinema Português, que cada vez mais se vem afirmando globalmente. O Cinemaville reviu o programa e apresentamos a nossa proposta de 8 longas metragens que não podem perder.

DRVO/A ÁRVORE

A estreia do realizador André Gil Mata na longa metragem de ficção (depois das curtas Arca d’Água, Casa, O Coveiro e Num Globo de Neve terem passado pelo IndieLisboa) dá-se com A Árvore. Rodado integralmente na Bósnia, durante os rigorosos meses de Janeiro e Fevereiro, este é um filme onde o frio nos penetra em extraordinários planos-sequência, filmados em película de 16mm. Um homem e uma criança encontram-se debaixo de uma árvore à beira de um rio, compartilhando a mesma memória e um segredo. Encontram no outro a serenidade, o silêncio e o tempo que perderam na corrente.

26 QUINTA  21:00, CINEMA SÃO JORGE Sala MO
29 DOMINGO 19:00, CULTURGEST PA

PERSON TO PERSON


A partir de uma curta do mesmo nome, Dustin Guy Defa compõe um retrato coral da vida em Nova Iorque. São mais de quarenta personagens: de um coleccionador de vinis a um relojoeiro, de uma blogger de moda a dois jornalistas de mexericos, da revenge porn ao homicídio. E apesar das inúmeras dificuldades há ainda espaço para a compaixão. Com a participação de Michael Cera, Philip Baker Hall e Abbi Jacobson e dos realizadores David Zellner e Benny Safdie, Person to Person é um filme tomado pelo espírito de John Cassavetes, onde a crueza deu lugar à doçura.

27 SEXTA 19:00, CULTURGEST GA
30 SEGUNDA 20:30, CINEMA IDEAL

ZAMA

O regresso de Lucrecia Martel à longa, depois de quase uma década de interrupção, adapta o romance de Antonio Di Benedetto escrito em 1956, sobre Don Diego de Zama, um oficial de Espanha do século XVII. Mas em Zama o regresso ao passado é um movimento irreverente, anti-historicista e profundamente subversivo. Uma viagem delirante a um passado onde se encontra o gérmen de uma identidade latino-americana fundada nos modos do colonialismo. Esta co-produção portuguesa (com direcção de fotografia de Rui Poças) foi considerado o melhor filme de 2017, pela sondagem da La internacional cinéfila, feita a um conjunto de 135 programadores, críticos e cineastas de todo o mundo.

28 SÁBADO 21:30, CULTURGEST GA

LES GARÇONS SAUVAGES/THE WILD BOYS

Bertrand Mandico é provavelmente o mais punk dos cineastas franceses contemporâneos. O IndieLisboa vem acompanhando o seu trabalho, tendo exibido, nos últimos anos, Prehistoric CabaretNotre Dame des hormones e Depressive CopLes garçons sauvages é a sua primeira longa, um filme que combina a fantasia, o erótico, o filme de piratas e o body horror para construir uma parábola sobre a identidade de género. Uma estonteante alucinação de cores e texturas que venceu o Grande Prémio da Semana da Crítica no festival de Veneza. Um filme que põe o Q em Queer.

27 SEXTA 21:45, CINEMA SÃO JORGE SMO
29 DOMINGO 18:30, CINEMA IDEAL

AS BOAS MANEIRAS/GOOD MANNERS

Juliana Rojas e Marco Dutra têm trabalhado juntos em filmes que fundem géneros cinematográficos que antes achávamos impossíveis de combinar. Em As Boas Maneiras o filme de lobisomens junta-se ao musical, tudo coberto com um subtexto político sobre a segregação social no Brasil contemporâneo, onde a homoparentalidade nem sequer é um assunto. Vencedor do prémio especial do júri no festival de Locarno, esta é uma história de amor, contada a dois tempos: o amor romântico de Ana por Clara, e depois o amor maternal de Clara por Joel. O filme é protagonizado pela portuguesa, actriz em ascensão meteórica, Isabél Zuaa.

30 SEGUNDA 21:15, CINE-TEATRO CAPITÓLIO

TEMPO COMUM/ORDINARY TIME

Num apartamento em Lisboa, Marta dedica-se aos cuidados maternos da sua primeira filha acabada de nascer, ao mesmo tempo que convalesce do parto. A casa acolhe múltiplas visitas: amigos e familiares que vêm receber o novo rebento e pôr a conversa em dia. Tempo Comum, de Susana Nobre (Estados da Matéria e Provas, Exorcismos, IndieLisboa 2006 e 2015) continua o seu cinema onde a ficção se mescla com a realidade, retratando intimamente um momento marcante na vida de uma mulher. E depois, as rotinas instalam-se, como um barómetro que descreve uma nova estabilidade.

27 SEXTA 21:30, CULTURGEST GA
1 TERÇA 19:00, CINEMA SÃO JORGE 3
6 DOMINGO 16:00, CINEMA SÃO JORGE 2

MES PROVINCIALES/A PARIS EDUCATION


Em 2016, o IndieLisboa exibiu o filme de escola de Jean Paul Civeyrac, La vie selon Luc, aquando da homenagem à escola de cinema, La Fémis. Escola da qual Civeyrac e Claire Simon foram co-directores por mais de uma década. É exactamente sobre a passagem pelo conservatório de cinema que Mes provinciales reflecte. Etienne começa a estudar realização em Paris e lá faz uma série de amigos que irão desafiar as suas ideias do que é, ou deve ser, o cinema. Discussões sobre Pasolini e Sorrentino, traições, amores e invejas: enquanto ferve a febre da juventude. Um filme de extraordinária melancolia sobre a vida e a arte.

26 QUINTA 21:30, CULTURGEST GA
3 QUINTA 18:30, CULTURGEST GA

RAIVA/RAGE


Sérgio Tréfaut (Lisboetas, Alentejo, Alentejo e Treblinka venceram a competição nacional do festival) realiza a sua segunda longa de ficção depois de Viagem a Portugal (IndieLisboa 2011). Estamos no Alentejo, nos anos 50, e a planície é fustigada pelo vento, pelo desemprego e pela fome. As famílias ricas controlam a propriedade da terra e às famílias pobres só resta o desespero ou a revolta. Adaptando o clássico do neo-realismo português, Seara de Vento de Manuel da Fonseca, e fotografado pelo lendário Acácio de Almeida em preto-e-branco, o filme inclui um elenco de luxo com nomes como Catarina Wallenstein, Rogério Samora, Adriano Luz, Leonor Silveira, Isabel Ruth, Luís Miguel Cintra e Herman José.

6 DOMINGO 19:00, CULTURGEST GA

 

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s