VOD: Sugestões de Cinema em Casa em Junho

O calor chegou, as emoções estão à flor da pele e celebramos amores de verão livres e descontrolados! Aqui ficam as nossas quatro sugestões para ver no Video on Demand!

TANGERINE

Véspera de Natal. Sin-Dee Rella, sai da prisão depois de estar encarcerado por vinte e oito dias. No seu primeiro momento de liberdade encontra-se com a sua melhor amiga Alexandra. Esta diz a Sin-Dee Rella que o seu namorado, e chulo, a anda a trair com uma rapariga branca. Furiosa, Sin-Dee Rella sai à procura dele e de Dinah, a sua amante. A sua demanda furiosa leva-as através de Los Angeles, num trajecto pelas várias sub-culturas da Cidade dos Anjos.

VERÃO DANADO

Estamos no princípio do Verão e Chico acabou a faculdade. Sem grandes perspectivas e com as férias por diante, começam as brincadeiras, os jantares, as festas e as noitadas. A música acompanha Chico nestas tardes de ócio, drogas, desilusões amorosas e momentos psicadélicos. Verão Danado é um ímpeto de adrenalina com Lisboa como pano de fundo de uma juventude à deriva. Uma primeira obra surpreendente que conquistou a Menção do Júri do Festival de Locarno.

A CRIADA

Coreia anos 30, durante o período de ocupação japonesa. Uma rapariga (Sookee) é contratada como criada de uma herdeira japonesa (Hideko), que leva uma vida isolada, numa enorme propriedade rural ao lado de um tio dominador (Kouzuki). Mas a criada guarda um segredo. Ela é uma ladra recrutada por um impostor, que se faz passar por um conde japonês, para o ajudar a seduzir a senhora e convencê-la a casar com ele em segredo, roubar-lhe a fortuna e trancá-la num manicómio. O plano parece decorrer sem sobressaltos até Sookee e Hideko descobrirem emoções inesperadas.

LOVE

1 de Janeiro, manhã. O telefone toca. Murphy acorda ao lado da sua mulher e da sua criança de dois anos. Ouve as mensagens do voice-mail: a mãe de Electra quer saber se ele tem tido notícias da sua filha. Electra desapareceu há algum tempo e ela teme que alguma coisa de grave lhe tenha acontecido. No decorrer de um interminável dia de chuva, Murphy vê-se sozinho no seu apartamento, relembrando o maior amor da sua vida, os dois anos com Electra. Uma fervorosa paixão cheia de promessas, jogos, excessos e erros…

 

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s