VOD: Sugestões de Cinema em Casa em Setembro

Num mês de recomeços, propomos uma viagem à volta do mundo com alguns dos filmes que passaram pelos melhores festivais de cinema em Portugal. De África ao Japão passando pelo Líbano, e de Portugal ao Brasil. Diferentes costumes ligados num sentimento de unicidade pela experiência de ser humano.

SAFARI

Na savana africana, zebras, impalas, gnus vivem em liberdade. Os turistas alemães e austríacos que vão até lá para caçar, esperam entre arbustos e miram as suas presas. Disparam, gritam de emoção e posam com os animais que caçam. Um filme sobre pessoas que passam as suas férias matando. Um filme sobre a natureza humana.

Ver crítica

AMA-SAN

 

Um mergulho, a luz do sol do meio-dia atravessa a água a pique. O ar que está nos pulmões terá que chegar até que se consiga arrancar o abalone das rochas do fundo do Oceano Pacífico. Sem o auxílio de botija de ar ou outra ferramenta que potencie a capacidade de permanecer debaixo de água, o corpo é convocado a atingir o seu limite. Em Wagu, uma pequena vila piscatória da Península de Ise, Matsumi, Mayumi e Masumi, mergulham diariamente sem saber o que irão encontrar. Os seus corpos delicados em terra dão lugar a caçadoras no mar. Estes mergulhos são dados no Japão há mais de 2000 anos pelas Ama-San.

Ver crítica

VIDA ACTIVA

O programa Novas Oportunidades foi um programa de educação com uma vertente baseada no reconhecimento e certificação escolar das aprendizagens realizadas fora da escola. Nestas sessões homens e mulheres pensam e discursam sobre a sua trajectória de vida, as condições que determinaram a sua existência e a sua dificuldade em existir. Falam da sua formação, da sua experiência profissional, das suas origens, produzindo uma pluralidade de pontos de vistas sobre a escola, a cidade, o campo, a família, o mundo operário e o universo do emprego. Partindo das histórias de vida dos protagonistas, o filme desloca‐se para uma abordagem ensaística sobre o trabalho no mundo contemporâneo.

LEBANON WINS THE WORLD CUP

Curta metragem documental sobre guerra e futebol, tendo por fundo os Mundiais de 1982 e de 2014. A história de dois antigos inimigos, um guerrilheiro comunista intelectual e um velho combatente cristão que têm em comum a paixão pela selecção brasileira (apesar de terem combatido um contra o outro num dos conflitos mais conhecidos do séc. XX, a guerra civil no Líbano). A brutalidade da guerra, a beleza do futebol brasileiro, e a possibilidade de reconciliação da “geração perdida” libanesa.

QUE HORAS ELA VOLTA

Val é o tipo de empregada interna que leva o seu trabalho muito a sério. Trabalha de manhã à noite ao serviço dos seus patrões abastados de São Paulo, cuidando também com amor do filho adolescente, que criou desde bebé. Tudo e todos estão no lugar certo nesta casa elegante até ao dia em que Jessica, a filha ambiciosa e inteligente de Val, regressa da cidade natal para fazer os exames de entrada na universidade. Vencedor de prémios em Sundance e Berlim, este filme sensível e delicado, tem uma base íntima de um indiscutível alcance social. Uma comédia trágica carismática.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s