13º MOTELX atravessa sexta-feira 13 com a presença de Ari Aster (“Hereditário” e “Midsommar”)

A grande festa do terror regressa ao Cinema São Jorge de 10 a 15 de Setembro. Num programa repleto de surpresas, sessões especiais assinalam a primeira Sexta-feira 13 em 13 anos de MOTELX e o 40.º aniversário de “Alien”, exibido em 4K. Há ainda lugar para a estreia de um dos filmes independentes mais aguardados do ano, “Midsommar”, com presença do realizador.

À cabeça do cartaz já anunciado está “Midsommar”, de Ari Aster. Esta será a primeira oportunidade de ver em Portugal a segunda longa-metragem do realizador de “Hereditário”, um dos filmes mais falados de 2018. Marcando a mais bem-sucedida estreia independente deste ano nos EUA, “Midsommar” tem sido descrito como um novo clássico do terror pagão e mesmo como “o melhor filme de terror alguma vez filmado à luz ofuscante do sol” (Peter Travers, Rolling Stone). Aster estará no MOTELX para apresentar o seu novo filme e uma sessão especial de “Hereditário”.

Midsommar

Outras novidades incluem o regresso das irmãs Soska, também conhecidas como ‘Twisted Twins’, com o remake do clássico “Rabid” (Cronenberg); o apocalíptico norueguês “The Quake” (John Andreas Andersen); “The Lodge”, dos realizadores do aclamado “Goodnight Mommy” (Veronica Franz e Severin Fiala); e o primeiro filme de terror de Fatih Akin, “The Golden Glove”, história serial killer cuja violência atordoou o último Festival de Berlim.

Ainda na selecção de longas-metragens, destaque para a estreia mundial de um filme de terror português: “Faz-me Companhia”, de Gonçalo Almeida, vencedor do Prémio MOTELX para Melhor Curta de Terror Portuguesa em 2017 com “Thursday Night”. “A Sombra do Pai”, da brasileira Gabriela Amaral Almeida, é a outra nova longa de terror em Português. Nova porque a secção Quarto Perdido traz doisslashers à portuguesa: “O Construtor de Anjos” (1978, Luís Noronha da Costa) e“Rasganço” (2001, Raquel Freire).

Porque à 13.ª edição o MOTELX coincide pela primeira vez com uma Sexta-feira 13, o dia não poderia deixar de contar com uma sessão especial de “Friday the 13th”, filme de culto de 1980 que gerou um dos grandes franchises de Hollywood e nos apresentou pela primeira vez o icónico Jason Vorhees. E que dizer dos 40 anos de “Alien”? Ocasião para ver o novo documentário “Memory: The Origins of Alien” (Alexandre O. Philippe) e rever a obra-prima de terror cósmico de Ridley Scott numa reposição com cópia 4K restaurada.

Em 2019, as curtas-metragens portuguesas continuam a ocupar um lugar de destaque na programação do MOTELX. O Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa continua a incentivar a produção nacional de cinema de género e este ano são dez os filmes a disputar o maior prémio atribuído a curtas-metragens em Portugal, no valor de 5000 €. O vencedor deste Prémio fica nomeado para o Méliès d’Or, galardão atribuído anualmente pela Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico.

Nesta edição há também sessão de curtas portuguesas de terror com curadoria e apresentação de João Pedro Rodrigues, parte da “Carta Branca aos Realizadores Portugueses” promovida pela Agência da Curta-Metragem por ocasião do seu vigésimo aniversário.

Para os mais novos, a secção Lobo Mau propõe uma programação infanto-juvenil diversificada, que vai desde os obrigatórios filmes de animação (“O Pequeno Vampiro”, “Um Susto de Família” e muitos Sustos Curtos) até a workshops de criação de filmes, monstrinhos, bonecos de luz e guloseimas temáticas, sem esquecer o popular peddy paper pelo Cinema São Jorge.

A programação deste 13.° MOTELX não ficaria completa sem os vários eventos paralelos que animam o Festival. Para lá do célebre MOTELquiz, este ano conta com o lançamento de dois livros inéditos em Portugal: “Profondo Nero”, volume da série de banda-desenhada Dylan Dog escrito por Dario Argento (editora Gfloy), e “As Histórias do Rei Amarelo”, livro proibido de Robert W. Chambers que inspirou H.P. Lovecraft e os argumentistas da série “True Detective” (editora Imaginauta). Quem quiser aprender a fazer adereços comestíveis poderá fazê-lo num workshop orientado pela rub-a-duckie. E para os fãs de efeitos especiais há uma masterclass pelo estúdio Nu Boyana Portugal, que participou na pós-produção do blockbuster“Hellboy” (2019).

Os eventos de Warm-Up do MOTELX estão marcados para 5, 6 e 7 de Setembro e serão anunciados no próximo mês, tal como a programação completa do Festival.

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s