CÓRTEX 2018: OS FILMES PREMIADOS

Os vencedores da 8.ª edição do Córtex – Festival de Curtas Metragens de Sintra foram anunciados numa cerimónia no Centro Olga Cadaval, em Sintra.
“Os Humores Artificiais”, realizado por Gabriel Abrantes, recebeu o Grande Prémio do Júri, composto por Beatriz Batarda, Cláudia Lucas Chéu e Sérgio Tréfaut, que justificou assim a sua decisão:

Um filme que se deseja que chegue ao grande público, através do seu carácter provocador e humor inusitado, constrói uma alegoria surpreendente sobre as várias formas de comunicação entre uma indígena e um robot.

Ainda na competição nacional, a curta-metragem “Tudo o que Imagino”, de Leonor Noivo, foi premiada com uma Menção Honrosa.

Um filme generoso sobre o final da adolescência que nos abre portas de um universo de quem vive à margem, e que conta com um jogo de improvisação habilidoso e ágil.

O público também votou no seu filme favorito da competição nacional, tendo eleito o filme de animação português “Surpresa“, de Paulo Patrício, para Prémio do Público.

Na Competição Internacional, o Prémio de Melhor Curta foi atribuído ao filme de animação polaco “The Wizard of U.S.”, realizado por Balbina Bruszewska. O júri, composto por Ana David, João Ferreira e Margarida Leitão considerou:

Um filme arrojado e profundamente livre de diferentes dispositivos de animação, baseado em elementos documentais transpostos para o universo ficcional de“O Feiticeiro de Oz” e da Disney. Como resultado temos um raro objecto de fusão de géneros cinematográficos, com uma forte ironia e crítica social de uma enorme humanidade.

Na secção Mini-Córtex, dedicada ao público mais novo, os alunos das escolas do concelho de Sintra elegeram “In a Heartbeat“, filme norte-americano realizado por Esteban Bravo e Beth David como melhor filme desta competição.

O Festival continua até ao dia 18 de abril, no Cinema Ideal, em Lisboa, com uma retrospectiva da obra do realizador austríaco Ulrich Seidl, com sessões às 22h. Contudo na terça-feira, dia 17 de abril, às 22h, nesta mesma sala, vão ser exibidos os filmes vencedores desta edição do Córtex.

PALMARÉS CÓRTEX 2018:

Competição Nacional
Grande Prémio do Júri: “Os Humores Artificiais”, de Gabriel Abrantes
Menção Honrosa: “Tudo o que Imagino”, de Leonor Noivo
Prémio do Público: “Surpresa”, de Paulo Patrício

Competição Internacional
Melhor Curta: “The Wizard of U.S.”, de Balbina Bruszewska  

Competição Mini-Córtex
Prémio Mini-Córtex: “In a Heartbeat”, de Esteban Bravo e Beth David

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s