Palmarés Queer Lisboa 21

Terminou no sábado 23 a 21ª edição do Queer Lisboa e na sessão de encerramento foram anunciados os prémios da Competição de Longas-Metragens, da Competição de Documentários, Competição de Curtas-Metragens, Competição In My Shorts que distingue o Melhor Filme de Escola, Competição Queer Art, bem como as escolhas do público.

Com destaque para Los Objetos Amorosos (Espanha, 2016), realizado por Adrián Silvestre, na ficção. Considerado pelo júri “um exercício de realização intenso e arriscado. Um mergulho que parece não ter medo de falhar. Uma viagem que transforma o espectador num objeto, tal como as personagens, entre a ficção e o documental, a raiva e o amor.” Para o Prémio do Público da Competição de Longas-Metragens, o público do Queer Lisboa 21 premiou Close-Knit (Japão, 2017), de Naoko Ogigami.

O melhor documentário foi Small Talk (Taiwan, 2016), realizado por Hui-Chen Huang,  (filme que será exibido em breve na RTP2). O júri considerou ser “um filme com uma dramaturgia surpreendente que revela em pequenas, grandes conversas a história privada de uma família: três gerações, duas mães e duas filhas. Uma mãe e avó lésbica é questionada pela filha realizadora, sobre a sua identidade e vida passada, com o intuito de quebrar silêncios e evitar a repetição de modelos de sofrimento.” No Prémio do Público da Competição de Documentários, o filme premiado foi Entre os Homens de Bem (Brasil, 2016), realizado por Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros. Aqui fica a lista completa dos vencedores. 

 

Competição de Longas-Metragens

Melhor Longa-Metragem: Los Objetos Amorosos (Espanha, 2016), realizado por Adrián Silvestre

Melhor Atriz: Laura Rojas Godoy e Nicole Costa pela sua interpretação em Los Objetos Amorosos (Espanha, 2016), realizado por Adrián Silvestre

Melhor Ator: Owen Campbell, pela sua interpretação em As You Are (EUA, 2016), realizado por Miles Joris-Peyrafitte

Menção Especial: Corpo Elétrico (Brasil, 2016), realizado por Marcelo Caetano

Prémio do Público: Close-Knit (Japão, 2017), de Naoko Ogigami

Competição de Documentários

Melhor Documentário: Small Talk (Taiwan, 2016), realizado por Hui-Chen Huang

Menção Especial: Vivir Y Otras Ficciones (Espanha, 2016), realizado por Jo Sol

Prémio do Público: Entre os Homens de Bem (Brasil, 2016), realizado por Caio Cavechini e Carlos Juliano Barros

Competição de Curtas-Metragens

Melhor Curta-Metragem: Les Îles (França, 2017), realizado por Yann Gonzalez

Menção Especial: Coelho Mau (Portugal, França, 2017), realizado por Carlos Conceição

Prémio do Público: Tailor (Brasil, 2017), realizado por Calí dos Anjos

Competição In My Shorts

Prémio Melhor Curta-Metragem de Escola: Étage X (Alemanha, 2016), de Francy Fabritz

Menções Especiais do Júri: Loris Sta Bene (Itália, 2017), de Simone Bozzelli; e Rute (Portugal, 2017), de Ricardo Branco

Competição Queer Art

Melhor Filme: Occidental (França, 2017), realizado por Neïl Beloufa

Menção Especial: A Destruição de Bernardet (Brasil, 2016), realizado por Claudia Priscilla e Pedro Marques

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s